Durante a pandemia, Igreja Renascer em Cristo batizou 7 mil pessoas

A manhã de 18 de setembro foi marcada por muitos recomeços. A Igreja Renascer em Cristo promoveu mais uma edição da Festa do Jordão em diversas regiões do país.

 

 

A principal celebração ocorreu na Praia de Riacho Grande, em São Bernardo do Campo, com transmissão ao vivo pela Rede Gospel de Televisão e via YouTube.

 

"No momento em que mergulhamos nas águas, um novo homem nasce! Somos libertos de todas as cadeias do passado para vivermos uma vida plena de amor com Cristo", declarou o Apóstolo Estevam Hernandes.

 

“O batismo é um divisor de águas! Jesus Cristo não precisava ser batizado, mas Ele foi ao encontro de João Batista e pediu para que ele o batizasse. João Batista disse: 'Não! Eu que preciso ser batizado!' Mas Jesus reforçou: 'É importante que Eu faça isso, para eu mostrar como as pessoas podem atravessar este portal espiritual e entrar no Reino de Deus'. Naquele dia, os céus se abriram para Jesus. Depois daquele dia, Ele começou a operar sinais prodígios e maravilhas, e assim será com cada um de vocês!”, acrescentou a Bispa Sonia Hernandes.

 

Acompanhe, a seguir, as imagens do batismo coletivo:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Durante a pandemia, a Igreja Renascer em Cristo batizou mais de 7 mil pessoas.

 

Para participar da Festa do Jordão, basta enviar uma mensagem, via WhatsApp, para (11) 3500-1234, com a frase: “Eu quero renascer!”.

 

O nome da celebração é uma referência à passagem bíblica de Mateus 3.13 a 16, que narra o momento em que Jesus é batizado por João Batista, nas águas Rio Jordão.

 

No texto, está escrito: “Por esse tempo, dirigiu-se Jesus da Galileia para o Jordão, a fim de que João o batizasse. Ele, porém, o dissuadia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim? Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o admitiu.

 

Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.”.

 

 

Redação